Prezados congressistas recém-chegados a Santiago,

Nós, da Comissão Organizadora do I Congresso Internacional de Língua Portuguesa: experiências linguístico-literárias contemporâneas, temos a satisfação de vos receber nesta linda cidade de Santiago e desejamos que tenham uma proveitosa jornada, que se reflita positivamente no âmbito acadêmico e vos traga, igualmente, muitas alegrias no transcurso de vossa estada.

BEM-VINDOS!


I CONGRESSO INTERNACIONAL DE LÍNGUA PORTUGUESA: EXPERIÊNCIAS CULTURAIS E LINGUÍSTICO –LITERÁRIAS CONTEMPORÂNEAS

13 e 14 de outubro de 2016
Universidade de Santiago de Chile
Santiago, Chile

Língua portuguesa, múltiplos olhares


Dando início a uma trajetória que se espera venha a ser bastante produtiva no âmbito da língua portuguesa dentro do contexto intercultural e internacional, o I Congresso Internacional de Língua Portuguesa: Experiências culturais e linguístico-literárias lusófonas com organização conjunta da Universidade de Santiago de Chile, leitorado do Camões Instituto da Cooperação e da Língua- Portugal, leitorado do Brasil da Pontificia Universidad Católica de Chile, contando com o fomento da Fundação Calouste Gulbenkian, por meio da Faculdade de Humanidades da USACH, deseja inaugurar um espaço de reflexão e debate aos professores, pesquisadores, estudantes de pós-graduação e graduação do país e do exterior, partindo de um ponto central: as experiências contemporâneas culturais e linguístico-literárias lusófonas, as quais são fator de preponderância no cenário do ensino de língua portuguesa hodiernamente. O evento contará com conferências plenárias, mesas redondas, comunicações individuais e coordenadas, apresentações de pôsteres e lançamento de livros.
O tema central deste I Congresso, as experiências lusófonas, favorece a participação de todos os docentes e discentes que integrem processos de pesquisa e ensino-aprendizagem de Português, no Chile ou no exterior, abrangendo todas as variantes linguísticas da língua portuguesa. Como no âmbito do ensino de Português, o aluno é o sujeito inerentemente multicultural, há que se ter em mente uma educação que seja para além de uma cultura, uma abordagem de ensino que ultrapasse, sem se estagnar na cultura do professor ou do aluno, apenas. Ademais, é necessário considerar uma competência linguístico-literária que atravesse e não apenas alinhave, mas costure todas as culturas envolvidas nesse processo de ensino e aprendizagem mútuos, pois, em se tratando de cultura (do outro) e de qualquer estrangeiro, é sabido que se trata de uma via de mão dupla, de troca e co-construção cultural.
A especificidade da língua portuguesa enquanto, simultaneamente mecanismo-chave para a definição de uma identidade nacional e mecanismo historicamente possibilitador de encontros culturais no espaço ibérico, europeu, sul americano, africano e oriental, evidencia a importância de uma perspectiva integrada em que língua e cultura interatuam num processo pluricêntrico, transnacional e multicultural.
Convidamos todos os interessados a refletir sobre estas experiências contemporâneas linguístico-literárias, além de culturais, lusófonas no contexto de seus objetos de estudo e pesquisa.

ORGANIZADORES


Secretaria Geral do Evento: Universidade de Santiago de Chile

Avenida Libertador Bernardo O'Higgins nº 3363. Estación Central. Santiago. Chile

Contato permanente com o Comitê Organizador: portugues@usach.cl

CAMÕES INSTITUTO DA COOPERAÇÃO E DA LÍNGUA PORTUGAL-leitorado Camões I.P. no Chile

REDE BRASIL CULTURAL-leitorado brasileiro no Chile

CONGRESSO